Direcionamento de dados

Observação: o direcionamento da saída de dados na tela para um arquivo, de qualquer programa que esteja rodando no terminal, pode ser feito colocando o sinal ``maior que'' e o nome de um arquivo no qual será armazenado a informação após o sinal: por exemplo:


\begin{lstlisting}
./prog.x > dados.dat
\end{lstlisting}

em que $ prog.x$ é o nome do executável do programa, $ > $ é o sinal de direcionamento da saída de dados para o arquivo ascii de nome dados.dat.

Um outra alternativa de direcionamento de dados pode ser utilizada quando o programa imprime mensagens na tela e/ou inclusão de dados via teclado. Poderá ser utilizado o comando:


\begin{lstlisting}
./prog.x \vert tee dados.dat
\end{lstlisting}

assim tudo o que o programa imprimir na tela poderá ser armazenado dentro do arquivo dados.dat.

ASCII (do inglês American Standard Code for Information Interchange; Código Padrão Americano para o Intercâmbio de Informação) é um código binário (cadeias de bits: 0s e 1s) que codifica um conjunto de 128 sinais: 95 sinais gráficos (letras do alfabeto latino, sinais de pontuação e sinais matemáticos) e 33 sinais de controle, utilizando portanto apenas 7 bits para representar todos os seus símbolos. Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/ASCII.

Fernando Sato 2018-04-10